Cruzeiro x Botafogo: Especialistas analisam quem é melhor no papel

Os dois melhores times do Brasileiro se enfrentam nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão, na partida mais importante do campeonato até o momento. De um lado a Raposa, líder com 46 pontos e dono do melhor ataque disparado da competição, com 45 gols. Do outro o Alvinegro, em segundo lugar com quatro pontos a menos, e com status de visitante indigesto, é quem mais venceu fora de casa, com quatro. A disputa pelo título está intensa, mas quem tem o melhor time no papel? Para analisar os dois elencos, posição por posição, o Globo Esporte ouviu três especialistas no assunto: os comentaristas e ex-jogadores Caio Ribeiro e Roger Flores, e o ex-zagueiro Wilson Gottardo, capitão e campeão pelos dois times.

Eles votaram nos melhores de cada posição e o Cruzeiro levou a melhor: 8 a 3. O time ideal escolhido por eles foi Jefferson (Botafogo), Ceará (Cruzeiro), Dedé (Cruzeiro), Bruno Rodrigo (Cruzeiro) e Egídio (Cruzeiro); Nilton (Cruzeiro), Lucas Silva (Cruzeiro), Seedorf (Botafogo) e Lodeiro (Botafogo); Everton Ribeiro (Cruzeiro) e Borges (Cruzeiro).

Porém, apesar da superioridade numérica na ‘seleção’ dos líderes, Caio Ribeiro não apostaria no time mineiro, apesar de achar que há uma pequena vantagem.

– Acho que vai ser um jogaço. Uma pequena vantagem para o Cruzeiro pelo mando de campo. Mas se tivesse que arriscar no bolão, eu chutaria no empate – opinou Caio.

Gottardo aprovou a escolha da defesa do Cruzeiro. Com Dória suspenso, os escolhidos para a defesa ideal do jogo de hoje foi do time mineiro: Dedé e Caio Rodrigo.

– Eu sou fã do Dedé. Pelo que vi ele jogar no Vasco, ele não é aquele jogador ainda, mas ele vem jogando bem, vem se recuperando – apostou o ex-zagueiro.

Apenas quatro jogadores foram unanimidades na votação do trio. O zagueiro Bruno Rodrigo, que venceu André Bahia, Egídio, que levou a melhor sobre Julio Cesar, e os meias Lodeiros e Seedorf, que superaram Willian e Ricardo Goulart, respectivamente. O holandês ganhou elogios de Roger Flores, quem atuou na mesma posição.

– É a experiência, é o líder do Botafogo, escolho o Seedorf.